03/02/10

Gravação de banda Ao vivo

Bom, quase uma semana sem vir postar aqui, o blog não pode ficar abandonado assim! rs

Semana corrida, muitos compromissos, e preparação p/ gravação da minha banda. A gravação foi ao vivo, e não saiu do jeito que eu gostaria. Muitos problemas tecnicos, falhas, etc. Muito trabalho de mixagem e masterização do audio. Mas enfim, cheguei em uma qualidade razoável. Postei em dois lugares diferentes, pq aaaacho que o 4Shared não diminui a qualidade do arquivo, mas o Youtube carrega mais rápido.

::VIDEO::


Será (Legião Urbana Cover)

Video YouTube

Video 4Shared

—–

Como foi feita?

Bom, não há nenhum segredo nessa gravação. É som -> mesa -> PA & Interface UCA 200 -> computador.

Usei um MXL 990 pra pegar overall em cima da bateria, e um MXL 991 pra pegar o hi-hat. Estou besta com a qualidade desse MXL 991! Simplesmente amei o som que consegui tirar do hat!

Os amplificadores de guitarra foram ligados à mesa atravez de saída “cabinet extension”, que serve p/ ligar o amp em mais um conjunto de caixa acústica. Os dois amps eram Laney. Nem sei se é a mesma coisa que saída de linha, mas essa saída ajudou um pouco. Só que pequei em deixar o volume da guitarra muito baixo.

Já o volume dos vocais saíram extremamente alto. Isso pq o mesmo som que ia pra gravação também saía p/ as caixas de PA. Na hora do show, todos os instrumentos ficaram altos demais, e os vocalistas pediam volume o tempo todo. Eu tive que aumentar! rs

Bom, resumindo: liguei quase todos os instrumentos (com exceção do baixo, que foi captado pelo microfone dos vocais e pelo MXL 990) direto na mesa, e da mesa liguei a saída REC OUT na interface UCA 200. Usei a saída MAIN OUT para jogar o audio na potencia das caixas de PA.

A saída de audio da interface UCA 200 foi ligada na mesa de som, e a monitoração foi ativada no Adobe Audition. Ou seja, tudo o que eu estava ouvindo de monitoração era o que o programa estava gravando, exatamente. A latência usando driver ASIO é quase zero!

O audio foi tratado com um EQ de 31 bandas do Adobe, aumentando um pouco os graves, reduzindo o médio p/ que o vocal não ficasse muito alto e controlando os agudos, pq o hi-hat ficou encobrindo o som do resto.

Depois usei um compressor multibanda, do próprio adobe tbm, que ajudou a dar mais uma equalizada e controle na dinâmica. Esse compressor ajudou demais nos vocais, e deu um UP nas guitarras.

———————

Bom, qualquer dúvida, só mandar via e-mail ou comentarem! Gostaria também de sugestões! Adoro ouvir críticas, pois acho que é assim que consigo buscar melhorar sempre.

Espero que gostem!
Abraços!

Tags:, ,

Artigos relacionados

Comentários

  1. seguinte me ajude uso assim : 1 mic condensador na batera e um dinamico no bumbo , 1 mic pra cada voz , baixo direto na mesa pra pega melhor os graves , e 1 mic no amp de guitarra.só que o problema ta. nao tenho uma mesa usb entao gravo tudo em uma linha só pelo cabinho rec ligado direto na placa, ou seja tem que regular perfeito na mesa.. alguem pode me ajudar na questão , oque deichar mais alto ou mais baixo , mais grave ou mais agudo. tipo como regular certinho?

  2. André, beleza?!

    Cara, essa gravação deu um trabalho paranormal para ser feita!

    O uso de mics dinâmicos é até melhor em algumas ocasiões. Vc precisa de um microfone pra pegar a caixa, um pra pegar o bumbo e mais um pra captar o overall. Aí se vc ainda estiver com um microfone sobrando, coloca ele em algum canto da sala.

    Os vocais, os instrumentos e os mics da batera vão ficar todos na mesa de som. Aí começa a parte difícil…

    ANTES DE MAIS NADA: LIGUE OS INSTRUMENTOS NA MESA SOMENTE COM UM DIRECT BOX!!!!!

    Agora, depois de tudo ligado, vc vai precisar de um fone bom, e precisa mandar a banda tocar. Coloque algum amigo teu pra tocar a batera. Aí vc equaliza do jeito que vc preferir na mesa de som, ali, na hora. Quando achar que está bom, manda pro PC e corre pro abraço!

    Eu ainda tive que passar um fim de semana editando o audio. Compressor, equalizador, etc… Tudo no Adobe Audition! Mas minha captação estava muito prejudicada, por isso tive que tentar fazer um milagre no software. Se vc conseguir gravar tudo num volume legal, já é 89% do trabalho feito!!!

    Um abraço, continue acompanhando o blog!
    E quando vc conseguir gravar, mande pra mim, vou dar uma analisada pra vc!

  3. André, beleza?!

    Cara, essa gravação deu um trabalho paranormal para ser feita!

    O uso de mics dinâmicos é até melhor em algumas ocasiões. Vc precisa de um microfone pra pegar a caixa, um pra pegar o bumbo e mais um pra captar o overall. Aí se vc ainda estiver com um microfone sobrando, coloca ele em algum canto da sala.

    Os vocais, os instrumentos e os mics da batera vão ficar todos na mesa de som. Aí começa a parte difícil…

    ANTES DE MAIS NADA: LIGUE OS INSTRUMENTOS NA MESA SOMENTE COM UM DIRECT BOX!!!!!

    Agora, depois de tudo ligado, vc vai precisar de um fone bom, e precisa mandar a banda tocar. Coloque algum amigo teu pra tocar a batera. Aí vc equaliza do jeito que vc preferir na mesa de som, ali, na hora. Quando achar que está bom, manda pro PC e corre pro abraço!

    Eu ainda tive que passar um fim de semana editando o audio. Compressor, equalizador, etc… Tudo no Adobe Audition! Mas minha captação estava muito prejudicada, por isso tive que tentar fazer um milagre no software. Se vc conseguir gravar tudo num volume legal, já é 89% do trabalho feito!!!

    Um abraço, continue acompanhando o blog!
    E quando vc conseguir gravar, mande pra mim, vou dar uma analisada pra vc!

  4. fala cara
    rapaz, tb to tentando gravar os ensaios da minha banda, e meu equipamento é até parecido com esse teu! to usando um notebook core2duo 2.0, com 4gb de ram, uma mesa behringer e essa mesma interface UCA200. A diferença é só uso mics dinâmicos (ainda sem condiçõe$ de comprar um bom condensador). To captando a bateria com 4 ou 5 mics; guitarras, baixo e voz, ligo tudo na mesa pelos line-outs dos respectivos amps. q micro vc usa pra gravar? e a bateria, ta microfonando com o kit completo?

    parabens pela gravação e pelo Blog!

    Abraço.

  5. fala cara
    rapaz, tb to tentando gravar os ensaios da minha banda, e meu equipamento é até parecido com esse teu! to usando um notebook core2duo 2.0, com 4gb de ram, uma mesa behringer e essa mesma interface UCA200. A diferença é só uso mics dinâmicos (ainda sem condiçõe$ de comprar um bom condensador). To captando a bateria com 4 ou 5 mics; guitarras, baixo e voz, ligo tudo na mesa pelos line-outs dos respectivos amps. q micro vc usa pra gravar? e a bateria, ta microfonando com o kit completo?

    parabens pela gravação e pelo Blog!

    Abraço.

  6. Rsrsrs Cara, eu tenho um cuidado com esses equipamentos que ninguem entende!

    Mesmo essa mesa não sendo lá uma Mackie ou até uma Tascam da vida, é o que eu tenho, e tenho que cuidar bem! rs

    Se queimar um canal disso, é dor de cabeça na certa!

    Abraços!

  7. Rsrsrs Cara, eu tenho um cuidado com esses equipamentos que ninguem entende!

    Mesmo essa mesa não sendo lá uma Mackie ou até uma Tascam da vida, é o que eu tenho, e tenho que cuidar bem! rs

    Se queimar um canal disso, é dor de cabeça na certa!

    Abraços!

  8. Amigo Bruno, beleza?
    Muito obrigado pelo comentário!

    Minha intenção é realmente ajudar quem está começando. Eu também estou começando! rs

    Sei que a saída que utilizei é amplificada, correndo sérios riscos de queimar o canal da mesa. Por esse motivo, não dei ganho nenhum em pré amp. e nem coloquei o volume do canal muito alto!

    Eu poderia perfeitamente ligar essa saída num Direct Box, e mandar pro canal da mesa, sem medo de ser feliz! Mas o Direct Box precisaria ter um botão "PAD" de até – 40 dB(botão de atenuação). A atenuação pra esse tipo de ligação tem que ser entre -30dB e -40dB, devido a amplificação do sinal!

    Um grande abraço! Fico contente que tenha gostado!

  9. Amigo Bruno, beleza?
    Muito obrigado pelo comentário!

    Minha intenção é realmente ajudar quem está começando. Eu também estou começando! rs

    Sei que a saída que utilizei é amplificada, correndo sérios riscos de queimar o canal da mesa. Por esse motivo, não dei ganho nenhum em pré amp. e nem coloquei o volume do canal muito alto!

    Eu poderia perfeitamente ligar essa saída num Direct Box, e mandar pro canal da mesa, sem medo de ser feliz! Mas o Direct Box precisaria ter um botão "PAD" de até – 40 dB(botão de atenuação). A atenuação pra esse tipo de ligação tem que ser entre -30dB e -40dB, devido a amplificação do sinal!

    Um grande abraço! Fico contente que tenha gostado!

  10. "Os amplificadores de guitarra foram ligados à mesa atravez de saída "cabinet extension", que serve p/ ligar o amp em mais um conjunto de caixa acústica"
    Amigo, não faça isso!!! Essa saída é direta do power amp, sempre microfone OU use a saída de linha do amp!!!

    Vi o link deste blog na comunidade Home Studio, e você tá de parabéns. Vc mostra suas experiências e isso auxilia muito quem está começando. Parabéns!

  11. "Os amplificadores de guitarra foram ligados à mesa atravez de saída "cabinet extension", que serve p/ ligar o amp em mais um conjunto de caixa acústica"
    Amigo, não faça isso!!! Essa saída é direta do power amp, sempre microfone OU use a saída de linha do amp!!!

    Vi o link deste blog na comunidade Home Studio, e você tá de parabéns. Vc mostra suas experiências e isso auxilia muito quem está começando. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *