18/08/13
Usar plugin no Reaper

REAPER – como usar Plugins

O REAPER é uma ferramenta DAW (Digital Audio Workstation) como qualquer outra ou seja, grava em múltiplas tracks, faz mixagem, e tem a possibilidade de utilizar plugins de terceiros. Atribuo como seu ponto forte essa possibilidade pois ele carrega plugins de quase todos os aplicativos DAW e stand-alone disponíveis no mercado.

Para começarmos vou mostrar como gravei e editei uma versão da música Vera Cruz do Milton Nascimento, dei uma cara Jazz Fusion com Baião e Funk nela, espero que gostem.

Meu link do sound cloud com essa e outras músicas gravadas no Reaper.

https://soundcloud.com/fredfarah

(O arquivo de seção do Reaper para esta música pode ser encontrado clicando neste link de download).

Para começar, editei a midi da batera e baixo no band-in-a-box, que é uma ferramenta muito antiga porém dependendo do seu nível de conhecimento musical se torna extremamente poderosa para esses fins. Enfim talvez em outro artigo podemos falar em como personalizar acompanhamentos e criar trilhas no band-in-a-box.

Na tela abaixo podemos ver as trilhas que utilizei e o mixer, que fica logo abaixo das trilhas, podendo ser movimentado para qualquer parte da tela de acordo com sua preferência. Eu não utilizo o mixer. Faço a mixagem direto nos volumes e plugins de compressão e equalização, direto pelas tracks (faixas).

Tela inicial do Reaper com detalhe para o mixer e as pistas

Tela inicial do Reaper com detalhe para o mixer e as pistas de áudio

Para ter um tutorial completo sugiro baixar o manual do Reaper na pagina do fabricante. Esta em inglês, mas para quem trabalha com isso sabe que não existe ou são muito raros os materiais desse tipo em português.

Tem também alguns vídeos no youtube com tutoriais bem bacanas, vale a busca.

Os Plugins usados no Reaper

Tratei o som da batera com o EZ-Drummer, plugin ótimo para quem quer praticidade e um som de extrema qualidade e personalização.

Para acessar os plugins o Reaper lê todos que estão instalados em seu computador. É só clicar em “FX” (botão a direita da track) que aparecerá uma lista de plugins do Repaer. Escolha o seu e pronto!

REAPER EZDRUMMER

Batera Jazz do EZDrummer – é necessário adquirir pacotes de expansão para adicionar baterias no EZdrummer

Para o baixo, utilizei o Broommstick, com o som do Fender Jazz-bass.

REAPERBASS

Broomstick Bass no Reaper – plugin de contra baixo

Para o piano, como tenho o Sonar, também consigo utilizar os plugins dele. Peguei os pianos da Roland, que vem nesse plugin TTS-1.

Plugin de piano no Reaper

Detalhe do plugin de piano no Reaper – pianos da Roland dentro do seu computador!

OBS: todos os MIDIs são editáveis dentro do Reaper, como em qualquer editor. Inclusive algumas visualizações vão na raiz dos eventos, proporcionado retirar ou colocar eventos para personalizar melhor seu arranjo. Para saber mais sobre o arquivo MIDI e outros tipos de arquivo de áudio, você precisa ler este artigo completo sobre arquivos de áudio.

Tela de edição MIDI do Reaper

Tela de edição de eventos MIDI no Reaper

E por fim, na guitarra utilizei o GUITAR-RIG. Creio que a grande maioria dos guitarristas do mundo utilizem esse plugin para gravar hoje em dia, pois são infinitas as possibilidade de timbres e sons, sem perder a sensação de estar tocando em um equipamento analógico… ele também vale um artigo específico.

Para essa música eu utilizei um amplificador que simula o Jazz Chorus da Roland, com alguns efeitos adicionais, como reverb e compressores.

Usando guitar Rig no Reaper

O guitar rig também pode ser utilizado no Reaper.

Quanto a plugins de simulação é isso… O mais interessante é que todos rodam simultaneamente durante a gravação sem travar, e eu uso uma fast track da M-audio. Ou seja, esse programa tem uma programação e estrutura bem robusta e estável.

Já tem algum tempo que utilizo e até hoje não perdi nada nem passei por problemas de travamento durante as gravações, como acontecem com o Sonar, por exemplo, quando não temos uma super-maquina para gravar.

Finalizando a mixagem – a master

Para finalizar utilizo o T-Racks que simula os racks de masterização analógicos.

Meu alvo de master é em MP3. Portanto, não perco qualidade significativamente, mas aconselho que quem estiver com intenção de gravar para distribuir em CDs que busquem um estúdio profissional de masterização.

Reaper e T-Racks - poderoso poder de processamento

Reaper e T-Racks – poderoso poder de processamento e tratamento para masterização

A partir daqui é sua criatividade e empenho para colocar suas gravações para funcionar, e posso dizer que essa ferramenta possui todos os recursos necessários para fazer um trabalho profissional sem sair de casa.

Um forte abraço e ótimas gravações para todos !!!

Tags:,

Artigos relacionados

Comentários

  1. Cara me ajuda por favor, eu abro meu reaper tranquilamente mas na hora de ligar o guitar rig 5 dentro do reaper ele não tem a opção do guitar rig 5 não sei mais o que faço por favor me ajude !

  2. Olá, Fred. Não sei se acompanha aqui ainda. Talvez você já conheça, talvez não, mas hoje em dia uma ótima opção para substituir o Guitar Rig é o BIAS FX da Positive Grid.
    Venho usando ele e abri mão do Guitar Rig, Amplitube e os demais plugins como os do LePou porque a qualidade do BIAS é realmente muito boa.
    Abraço

  3. To com duvida quando gravo no reaper, quando to mexendo no som no fone ele ta bom, ai exporto pra mp3 p escuta nas caixa o som fica escondido, como faço pra arrumar ?

    • Fala, Chris! Isso deve ser problema no nivelamento do sinal de audio do seu estúdio.

      As caixas que você usa são as mesmas que você mixa? Verifique no mostrador de sinal de saída do seu DAW se o sinal está com boa intensidade. Se a variação entre picos e vales for muito grande, considere usar um compressor de bus de saída.

      Se ficou dúvida, pode me mandar mensagem 🙂

  4. Eai Cara , tenho uma duvida de como gravar utilizando o reaper com os instrumentos ligados direto na mesa com a ferramenta REC , o que devo alterar nas configurações ? como faço ?

  5. Ola… Eu estou precisando de uma dica… É que uso o REAPER daí abro o kontakt dentro dele… O problema é que não quer tocar.. Com o Kontakt aberto no REAPER não aparece a opição de audio… Que faço em?…

  6. Olá, como posso fazer pra gravar todos esses instrumentos usando o teclado MIDI do Reaper? Tem algum plugin que tenha uma gama maior de instrumentos, vários sons em um só software?

    • Viviane, tudo certo? Espero que sim! 😀

      Existem pacotes, como o Kontakt e o SampleTank (este eu uso e recomendo), que possuem diversos instrumentos diferentes para serem usados com MIDI.

      Dê uma olhada neles! 😀

      Grande abraço!!

  7. Olá, gostaria de saber como faço para minhas gravações no Reaper saírem com a distorção do Guitar Rig 5, pois quando salvo a gravação grava somente o clean da guitar.

    Agradeço desde já!

      • Desde já agradeço a resposta. Sim, estou colocando o plugin na pista de gravação. Como seria essa versão “Stand Alone”?

        Forte Abraço!

        • Fala, Rodolfo!

          O Guitar Rig também possui um hoster do plugin, que vc pode abrir sem ser necessariamente pelo DAW.

          Eu não manjo muito de reaper, e acho bem confusa a tela de plugins. Mas ela tem um campo de busca no fim. Já tentou digitar GTR ou Guitar Rig lá?

          • Complementando a resposta, para isso é legal apos a gravação fazer uma bounce so da trilha de guitarra. ai terá o áudio gerado com a utilização do plugin, porem para ir gravando já com o som direto na trilha com a versão stand alone pode forçar demais o PC e ter latência no processo, sem contar asa configurações personalizadas de captura de áudio que vaio ter que setar.

    • Fala, Allwaro!

      Todos os softwares são comprados, a não ser os que já vem com o programa e os que são freeware!

      A dica que dou: sempre gaste um pouco mais em programas originais. Vai evitar dor de cabeça e falta de suporte no futuro.

      Um grande abraço!

  8. Cara obrigado por responder hehe, cara deste modo eu nao consegui…mais eu fui tentar de novo clicar no docker e errei a clicada kkkkkkkk e cliquei no debaixo, que o MIXER kkkkkkkkkk ai apareceu de novo putz que burro mano kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mais me ajudou velho vlww cara mais tipo eu só queria saber se tem arquivos online sem mixar pra mim mixar aqui pra treinar e tals…. e tbm eu tenho addictive drums e num tenho nada midi por enquanto mais gostaria de usar o teclado do pc mesmo pra tirar um som como faço? vlww brother hehe 😉

  9. ola, desculpe a ignorancia mas, eu consesui sumir com o master do reaper kkkkkkk sabe eu fexei ele e tals e não consegue fazer volta-lo agradeço se puderem me ajudar hehe vlw 😉

    • kkkk Acontece, Raphael!

      Vai em VIEW > marca a opção DOCKER.

      Aí naquele menu que tem fixo no Reaper, onde ficam todas as pistas pra regular volume, colocar o efeito, tals (o mixer), clica com o botão direito e clica em MASTER TRACK> SHOW IN MIXER

      Eu usei meu reaper do Mac OSX. Acho que pra Windows é a mesma coisa.

      Um grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *