perm_identity event
Artigo sobre SideChain

Sidechain – a técnica de compressão paralela

Sidechain, que por aqui, na terra do Pau Brasil e da Capirinha, chamamos costumeiramente de “compressão paralela”, é uma técnica de compressão de áudio muito utilizada em várias situações: narração com música de fundo, batidas eletrônicas, masterização, de-esser.

Muita gente não conhece esta técnica, apesar de já ter ouvido falar. E muitas vezes você se pega tentando fazer algo complexo em seu áudio, que seria facilmente realizado com o sidechain.

Por exemplo: em sua música, o bumbo da bateria some quando o contra baixo é tocado. Você pensa em fazer uma automação no áudio, para que toda vez que a nota do contra baixo se encontre com o bumbo, o volume do contra baixo diminua. Imagine quanta automação seria necessária!

Ou então, determinada frequência (ou banda de frequências) na sua gravação está “sobrando” em algumas passagens. Isso é típico em vocal, quando cantamos as sílabas com “S”, “Z” ou “X”. Facilmente você escuta um ruído de “ssssssssss” e, no equalizador gráfico, percebe que existe uma saturação na faixa de frequências entre 2kHz e 10 kHz. Você tem três opções:

  • Proibir o seu vocalista de compor músicas com sílabas “sa”,”se”,”si”,”so”,”su” e “as”,”es”,”is”,”os”,”us”;
  • Fazer automação de volume nestas sílabas;
  • Fazer uma compressão somente naquela faixa de frequências, naquele momento que ela é saturada, e automaticamente, sem precisar programar toda a compressão com automação.

Sidechain: a compressão específica

Sidechain Compression é uma compressão ativada por um sinal específico, que pode ser uma frequência (ou banda de frequências) ou um sinal de outro instrumento.

O compressor (ou o plugin de compressão no software de áudio) precisa ter suporte a sidechain. Não é possível ser feito em qualquer equipamento.

Para este artigo, vou usar o plugin de compressor do Studio One. Você poderá encontrar facilmente esta mesma funcionalidade em qualquer outro plugin que possua.

Sidechain criativo: música eletrônica

Esta é a forma de utilização do recurso que considero mais criativo, ou que requer maior criatividade de quem irá utilizar.

Utilizaremos um compressor em uma pista, que será acionado toda vez que determinado áudio de outra pista for tocado.

Escute este áudio:

Perceba que, em cada uma das “pancadas” do bumbo, toda a harmonia da música diminui de volume, dando a impressão de “abertura de espaço” para o bumbo.

Nesta situação, o áudio do canal do bumbo aciona o compressor no canal da harmonia. Como os parâmetros deste compressor estão configurados para uma grande compressão e redução de ganho, toda vez que ele é acionado, o volume médio da faixa é diminuído.

Esta técnica também pode ser utilizada em, por exemplo, um contra baixo e uma bateria, no caso de as frequencias graves do bumbo não soarem com destaque.

Quando o bumbo é tocado, o compressor comprime e diminui a nota do contra baixo. Alias, acesse este link sobre gravação de contra baixo para ler um artigo muito interessante!

Veja neste exemplo abaixo a utilização de sidechain para diminuir o volume da narração, em um cenário de música de fundo com voz narrando algo:

Compressor do Studio One: como funciona sidechain

Para qualquer um dos exemplos acima, a configuração do compressor do Studio One é feita da seguinte forma:

  • Adicione um compressor no canal a ser comprimido.
  • Configure Treshold, ganho de saída, attack e release, da forma como desejar
  • Na seção de SEND do canal que irá disparar o compressor, ative como sidechain o compressor do canal a ser comprimido (conforme img 1)
  • Regule a quantidade de sinal que será enviada pelo Send para o compressor do canal a ser comprimido
Detalhe do Sidechain no canal SEND

img 1 – Enviando o sinal do canal pelo Send ao sidechain

Imagem do compressor ativo no canal a ser comprimido

img 2 – Compressores já inseridos nos canais

Compressão de frequências: o de-esser

Um exemplo de compressão de banda de frequências é o De-Esser.

Quando determinada frequência, ou grupo de frequências, atinge determinada intensidade, o compressor atua, atenuando os picos e mantendo o volume médico.

Desta forma, você irá notar uma redução na sibilância,  sem precisar reduzir o volume do trecho, da sílaba, da palavra inteira.

Escute este áudio, onde comparo o som com e sem atuação do de-esser.

O Studio One possui um preset do plugin de compressor específico para De-Esser. Recomendo a utilização deste, pois os parâmetros estão bem configurados e dificilmente você irá errar na mão.

De-esser com sidechain Studio One

Plugin de compressor com preset de De-esser do Studio One

Nesta configuração, através do uso de filtro lowcut e highcut (em destaque na imagem abaixo), você poderá determinar em qual faixa de frequências o compressor irá atuar.

De-esser com sidechain

De-esser com sidechain – destaque para a seção de de-esser do plugin

Com o controle de Treshold você determina em qual nível de áudio a compressão irá disparar. Se a banda de frequências, ou qualquer frequência pertencente a ela, atingir este nível, o compressor é acionado.

Ficarei devendo aqui explicações mais detalhadas sobre a configuração do compressor, mas dedicarei um artigo completo só sobre isso.

Se ainda restaram dúvidas, estou ansioso aguardando minha caixa de e-mails encher! Mande sua dúvida através do nosso formulário de contato.

Keep Recordin’

TAGS:
Artigos relacionados