19/01/10

Série Setup de Gravação – Parte 3 – Posicionamento de mic. no bumbo

Bom, hoje vou mostrar diferentes posicionamentos do microfone no bumbo da bateria.

O microfone utilizado foi o AKG CCS D11, um ótimo microfone, com um ótimo custo x benefício. O bumbo estava abafado com um edredom.  Esse post é só para analizar os diferentes sons que podemos tirar só alterando o posicionamento do microfone no bumbo da batera.

Os resultados aqui obtidos terão semelhança com os resultados com qualquer microfone, seja ele o Shure Beta 52, AKG D112, Electro-Voice RE20, entre outros.

Vamos então ao resultado:

– O primeiro posicionamento de microfone foi mirando no centro da pele de resposta, por fora do bumbo. Temos um som encorpado, com ressonância, grave. Por ser grave e ressonante, perdemos um pouco (bem pouco) de definição em comparação aos outros posicionamentos.

Posição 1 - posicionando microfone no bumboPosição 1 - posicionando microfone no bumbo - foto 2

::AUDIO 1::

 

– O segundo posicionamento de microfone do bumbo foi no buraco da pele de resposta. O som é grave, porém com mais presenças de agudos, se comparado ao primeiro posicionamento. O bumbo soa seco, definido.

Posição 1 - posicionando microfone no bumbo - primeira foto
Posição 2 - posicionando microfone no bumbo - segunda foto

:: AUDIO 2::

 

– O terceiro posicionamento do microfone foi dentro do bumbo, apontando para o centro da pele. Nesse posicionamento, temos extrema definição, som seco, presença de agudos e ausência de graves. O som captado ressalta o som do pirulito batendo na pele.

::AUDIO 3::

 

– Por fim, o quarto posicionamento de microfone de bumbo também foi dentro do bumbo, porém mais no canto, mirando a área entre o centro e o aro da pele. Ainda temos muito agudo, só que com mais grave, se comparado ao terceiro posicionamento. Som definido, bom para gravação de músicas com muito pedal duplo, ou que necessitam de definição no bumbo.


::AUDIO 4::

———————-

Vale ressaltar que todas as gravações que tenho feito, tanto da caixa como do bumbo, estão flat (sem efeito e/ou equalização) e, no caso deste estudo da microfonação do bumbo, nem normalização de audio eu fiz.

Espero que curtam!

Keep Recordin’
Michael Nascimento

Tags:, , ,

Artigos relacionados

Comentários

  1. quero saber, como voçe equaliza seu bumbo, se tem medio mais ou menos , quanto grave , se vai algum agudo, em fim nosso mesario e baixita e nao saber equalizar direito.

  2. Aê Michael ! Muito bom seu site cara !
    Acho legal a oportunidade de compartilhar conhecimento e você mandou bem nos experimentos, Parabéns !

  3. Aê Michael ! Muito bom seu site cara !
    Acho legal a oportunidade de compartilhar conhecimento e você mandou bem nos experimentos, Parabéns !

  4. Anônimo, tudo bom?

    Muito obrigado pela opinião! Depois dessas gravações eu afinei o bumbo, deixei mais grave. O som ficou legal pra caramba. Na minha mesa de som eu já trabalho com ganho o suficiente para trabalhar com o pico em 0 dBu, que é o padrão. Eu acredito que tenha deixado o volume do canal baixo no fader.

    Muito obrigado mais uma vez pelo comentário!

  5. Anônimo, tudo bom?

    Muito obrigado pela opinião! Depois dessas gravações eu afinei o bumbo, deixei mais grave. O som ficou legal pra caramba. Na minha mesa de som eu já trabalho com ganho o suficiente para trabalhar com o pico em 0 dBu, que é o padrão. Eu acredito que tenha deixado o volume do canal baixo no fader.

    Muito obrigado mais uma vez pelo comentário!

  6. olá!

    Na minha opiniao o melhor som que conseguis-te foi o primeiro posicionamento. Acho que podes afinar a pele do batente mais grave.
    Deves rectificar o "gain", o som parece fraco.

  7. olá!

    Na minha opiniao o melhor som que conseguis-te foi o primeiro posicionamento. Acho que podes afinar a pele do batente mais grave.
    Deves rectificar o "gain", o som parece fraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *